Meucotidiano Weblog

Falo a lingua dos loucos porque não conheço a mórbida coerência dos lúcidos.

Hoje entendo o que sinto agosto 27, 2009

Filed under: Sem-categoria — meucotidiano @ 12:43 am

arte-de-grampo-do-cora-ccedil-atildeo-do-estetosc-oacutepio--thumb2887298A Revista Gloss publicou um texto que traz os efeitos que a paixão causa no corpo de quem é arrebatado por ela. Para começar a escrever algumas reflexões que tive sobre o assunto vou  colocar aqui uma parte da publicação:

Alguns sintomas parecem de doença: batimentos cardíacos acelerados, tremor nas mãos, rubor na face, euforia desenfreada… Para entender o que acontece no organismo dos obcecados de amor, a antropóloga americana Helen Fisher gastou dez anos pesquisando gente nesse estado. Por meio de exames de ressonância magnética, ela constatou que os neurotransmissores dopamina e norepinefrina aparecem em maiores concentrações no cérebro dos apaixonados. Basta a pessoa cair de amores para os níveis dessas substâncias subirem. A dopamina determina a forte motivação, a sensação de êxtase e os comportamentos focados em um objetivo. Ou seja, é por causa dela que pensamos obsessivamente no objeto da nossa afeição (a ponto de não conseguirmos enxergar as características negativas dele!). Dopaminados ainda perdem a noção de perigo  e podem demonstrar comportamentos fora do normal. A norepinefrina, por sua vez, deriva da dopamina e por isso produz sintomas semelhantes aos dela, como energia excessiva e, conseqüentemente, insônia e perda de apetite.

Vamos lá! Hoje quase chegando aos 30 consigo entender perfeitamente esses sintomas e quando percebo qualquer um deles já começo a me precaver.

Recentemente conversando com uma pessoa pelo msn,  ele me confessou que algo que eu disse lhe deixou vermelho, quis provocar um pouco e saber qual seria a reação caso estivessemos conversando pessoalmente? Ele respondeu que estaria nervoso e com as mãos suando, eu fiquei surpresa e ao mesmo tempo feliz! Não sabia que ainda era capaz de despertar tal reação nessa pessoa em especial, já que nosso afair nunca passou de “mal entendidos”  entre os intervalos de namoro dele. Eu insisti em perguntar porque ele sentia isso? E na verdade eu sempre soube que  mexia muito com ele, porque  ele também sempre mexeu comigo, embora não acreditasse,  habitou meu coração como um vulcão que está lá vivo só que adormecido entre outras relações, bastava rever, pensar, falar que era como se  entrasse novamente em erupção e tudo que eu fazia questão de manter apagado renascia com mais força ainda.

O problema é que mesmo tendo essa certeza,  nunca fui capaz de conquistar seu coração. Não me sinto frustrada por isso, não mas… Já sofri muito entre encontros e desencontros que tivemos, hoje consigo conversar e percebo que ainda existe muito a dizer…

Eu sei porque ele fica nervoso com as mãos suadas e frias perto de mim… Bendita dopamina que nos leva a cometer loucuras motiva os sentimentos mais particulares que insistimos em deixar adormecidos…

 

“As pessoas não vão querer pisar em você, a menos que você se deite”. agosto 6, 2009

Filed under: Sem-categoria — meucotidiano @ 12:32 am

oprahO que Oprah Winfrey tem a dizer sobre os homens:

– Se um homem quer você, nada pode mantê-lo longe.
– Se ele não te quer, nada pode fazê-lo ficar.
– Pare de dar desculpas (de arranjar justificativas) para um homem e seu comportamento.
– Permita que sua intuição (ou espírito) te proteja das mágoas.
– Pare de tentar se modificar para uma relação que não tem que acontecer.
– Mais devagar é melhor. Nunca dedique sua vida a um homem antes que você encontre o que realmente te faz feliz.
– Se uma relação terminar porque o homem não te tratou como você merecia, “foda-se, mande pro inferno, esquece!”, vocês não podem “ser amigos”. Um amigo não destrataria outro amigo.
– Não conserte nada.
– Se você sente que ele está te enrolando, provavelmente é porque ele está mesmo. Não continue (a relação) porque você acha que “ela vai melhorar”. Você vai se chatear daqui um ano por continuar a relação quando as coisas ainda não estiverem melhores.
– A única pessoa que você pode controlar em uma relação é você mesma.
– Evite homens que têm um monte de filhos, e de um monte de mulheres diferentes. Ele não casou com elas quando elas ficaram grávidas, então, porque ele te trataria diferente?
– Sempre tenha seu próprio círculo de amizade, separadamente do dele.
– Coloque limites no modo como um homem te trata. Se algo te irritar, faça um escândalo.
– Nunca deixe um homem saber de tudo. Mais tarde ele usará isso contra você.
– Você não pode mudar o comportamento de um homem. A mudança vem de dentro.
– Nunca o deixe sentir que ele é mais importante que você… Mesmo se ele tiver um maior grau de escolaridade ou um emprego melhor.
– Não o torne um semi-deus.
– Ele é um homem, nada além ou aquém disso.
– Nunca deixe um homem definir quem você é.
– Nunca pegue o homem de alguém emprestado.
– Se ele traiu alguém com você, ele te trairá.
– Um homem vai te tratar do jeito que você permita que ele te trate.
– Todos os homens NÃO são cachorros.
– Você não deve ser a única a fazer tudo… Compromisso é uma via de mão dupla.
– Você precisa de tempo para se cuidar entre as relações. Não há nada precioso quanto viajar. Veja as suas questões antes de um novo relacionamento.
– Você nunca deve olhar para alguém sentindo que a pessoa irá te completar… Uma relação consiste de dois indivíduos completos.. Procure alguém que irá te complementar, não suplementar.
– Namorar é bacana mesmo se ele não for o esperado Sr. Correto.
– Faça-o sentir falta de você algumas vezes… Quando um homem sempre sabe que você está lá, e que você está sempre disponível para ele – ele se acha…
– Nunca se mude para a casa da mãe dele. Nunca seja cúmplice de um homem.
– Não se comprometa completamente com um homem que não te dá tudo o que você precisa. Mantenha-o em seu radar, mas conheça outros…

Compartilhe isso com outras mulheres e homens (de modo que eles saibam). Você fará alguém sorrir, outros repensarem sobre as escolhas, e outras mulheres se prepararem.

Dizem que se gasta um minuto para encontrar alguém especial, uma hora para apreciar esse alguém, um dia para amá-lo e uma vida inteira para esquecê-lo.
O medo de ficar sozinha faz com que várias mulheres permaneçam em relações que são abusivas e lesivas.
Você deve saber que você é a melhor coisa que pode acontecer para alguém e se um homem te destrata, é ele quem vai perder uma coisa boa.
Se ele ficou atraído por você à primeira vista, saiba que ele não foi o único.
Todos eles estão te olhando, então você tem várias opções. Faça a escolha certa.

Ladies, cuidem bem de seus corações…


Oprah Winfrey